JazzB

14 set 2017
15:00
São Paulo – SP

Release

Garanta ja seu ingresso: https://goo.gl/sJzDe1

Nat King Cole, conhecido como “voz de veludo” cantou temas inesquecíveis da música norte-americana. É este cantor e pianista o homenageado da noite pelo guitarrista e cantor Ricardo Baldacci, referência do Swing Jazz no Brasil! A base de formação do repertório é bastante original pois tem como inspiração na primeira e desconhecida fase do pianista. Antes da fama como cantor com suas baladas românticas, Cole era músico de jazz e ditou normas com seu jeito de interpretar temas que retratavam o cotidiano em crônicas de letras leves e ousados números instrumentais.

O Swing, no auge nos anos 1930 e 1940, na Era do Rádio e da Segunda Grande Guerra, foi concebida como música para entretenimento, geralmente com grandes orquestras. Baldacci bebe na fonte desta motivação para adaptar para o formato do trio sem bateria, o “drumless trio”, o poder de swingar das Big Bands. Acompanhado apenas por contrabaixo (Thiago Alves) e piano (Michel Santos), o trio do cantor e guitarrista, mostra-se como uma pequena máquina bem acertada, que cativa o ouvinte em momentos de ternura, bom humor e divertimento. O cancioneiro popular norte-americano é representado em arranjos espertos, respeitando o papel principal da melodia, mas ainda com muita liberdade de improvisação em intrincados diálogos entre os instrumentistas.

Nat King Cole aprendeu a tocar piano na igreja onde seu pai era pastor. Desde criança ele esteve ligado à música, tocando junto ao coral da mesma igreja. Seu primeiro sucesso como cantor foi a gravação em 1943 pela Capitol Records de "Straighten Up and Fly Right", baseada num conto popular negro que seu pai havia usado como tema para um sermão. Vendeu mais de 500 mil cópias. Cole lutou contra o racismo durante toda a sua vida, sempre recusando-se a cantar em plateias com segregação racial. Em 1956 The Nat King Cole Show estreou na NBC-TV. Foi o primeiro programa deste tipo comandado por um afro-americano, causando controvérsia na época. Ficou no ar por menos de dois anos e teve de ser encerrado, por iniciativa do próprio Nat King Cole, por não ter conseguido nenhum patrocínio de âmbito nacional.

Ricardo Baldacci tem vasta trajetória no jazz e na música instrumental. Recebeu convite do baterista Lenny White (Chick Corea, Return to Forever), e foi uma das atrações do Made In New York Jazz Festival (EUA). Em 2013, lançou o álbum ‘Tain’t what you do, it’s the way that you do it’, seu primeiro disco que teve a participação do trio vocal sueco, The Hebbe Sister. Ricardo já tocou ao lado de músicos como Bucky Pizzarelli (guitarra/EUA), Howard Alden (guitarra/EUA), Swami Jr. (violão/BRA) Randy Brecker (trompete/EUA), Lenny White (bateria/EUA), Martin Pizzarelli (baixo/EUA), Larry Fuller (piano/USA), Konrad Paszkudzki (piano/AUS), Tony Tedesco (bateria/USA), Michel Leme (guitarra/BRA), Alex Molleff (sax/RUS) e Joseval Paes (guitarra/BRA).

Com Ricardo Baldacci (guitarra e voz), Michel Santos (piano) e Thiago Alves (contrabaixo).

#JazzB #NatKingCole #Tributo #RicardoBaldacci #Trio #EUA #Brasil
Reservas: jazzb.net
Ingressos: https://goo.gl/sJzDe1
..............................................................................
Abertura da casa: 17h
Rua General Jardim, 43, Vila Buarque, São Paulo
Estacionamento (não conveniado) na rua Araújo.
Próximo à Estação República do Metrô.
Informações: jazzb.net
A casa aceita cartões de débito/crédito ou dinheiro
Reservas pelo email jazzb@jazzb.net

FALE CONOSCO

Envie um e-mail para nós e ficaremos felizes em respondê-lo.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account